Sonhos não envelhecem

tumblr_inline_mjrk7he1861qz4rgp

“Um único sonho é mais poderoso do que mil realidades.”.

Confesso que não sou muito fã desses realitys sobre o mundo da gastronomia, por isso os nomes dos participantes sempre passam despercebidos em minha timeline.

Mas, como a frase acima é de autoria do escritor J.R.R Tolkien, que eu logo associo a grande e belíssima saga (obra) – que sou mega fã -  “O senhor dos anéis”, parei para ler e fiquei surpreendida com a historia de Caroline Martins que mesmo eliminada de um desses realitys, não pendurou seu avental.

É fato que nem todas as receitas dão certo logo na primeira tentativa. As vezes a massa desanda, o pão não cresce ou o forno não aquece o suficiente. Mas se cozinhar é fazer poesia para ser degustada, não desistir dos sonhos e testar novas receitas para provar novos sabores, é uma obra de arte e a receita perfeita da vida.

Vale a pena ler o texto (ou desabafo) de Caroline, diretamente da escola Cordon Bleu de Londres. Isso mesmo que você leu!  Cordon Bleu – está bom para você?

Boa leitura!

(maria ramos)

**********************

“Eu tinha um sonho: estudar na melhor escola de gastronomia do mundo, a Le Cordon Bleu. Por este sonho, este ano, me inscrevi em um reality show. Quando fui eliminada um dos jurados me disse “Caroline, o seu sonho acabou.”; A outra jurada, se referindo aos meus quatro títulos acadêmicos, falou “Você não precisa de um título a mais, você já tem muitos.”; Pois bem, neste momento estou em frente ao prédio da Le Cordon Bleu em Londres esperando pela minha primeira aula, e cá estou refletindo sobre sonhos. Pois afinal, onde já se viu uma mulher com mais de 30 anos querer mudar de carreira? Como ousa desperdiçar 10 anos de formação para se tornar estudante novamente? Os trinta é o período para casamento, ter filhos, comprar casa, formar família, pagar previdência privada, entre outras coisas a mais. A sociedade te pede para fazer uma escolha de vida aos 17 anos (vestibular), e espera que você carregue esta escolha até o túmulo. Te perguntam “está trabalhando”?”, “comprou carro novo?”, “quando chega o bebê?”, porém não te perguntam “você está feliz?”. Estas imposições se transpareceram na minha participação no programa, pois eu fui, em quase todos os episódios, questionada sobre abandonar minha função como pesquisadora para seguir um sonho. Hoje estou aqui vestindo o meu dólmã, de caderno e lápis na mão, e respondo:
* Não, o meu sonho não acabou. Ele só está começando.
* Não, os títulos que possuo não são suficientes, e talvez todos os títulos que eu conseguir conquistar nunca serão suficientes. Há sempre espaço para aprender e se aperfeiçoar.
Não dê ouvidos aos que querem matar os seus sonhos, pois afinal, meus amigos, como já dizia Tolkien: “Um único sonho é mais poderoso do que mil realidades.”.

Texto escrito por Caroline Martins e extraído da sua pagina no FB em 03/10/2017 https://www.facebook.com/ChefCarolineMartins/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>