“Casa arrumada é assim” – por Lena Gino

“Senhor, ajudai-nos a construir a nossa casa com janelas de aurora e árvores no quintal. Árvores que na primavera fiquem cobertas de flores e ao crepúsculo fiquem cinzentas como a roupa dos pescadores. O que desejo é apenas uma casa em uma rua sem nome. Sem nome, porém honrada, Senhor.
Só não dispenso a árvore, porque é a mais bela coisa que nos destes e a menos amarga. Quero de minha janela sentir os ventos pelos caminhos, e ver o sol dourando os cabelos negros e os olhos de minha amada…”- Manoel de Barros

Quando passamos a morar sozinho sem perceber criamos algumas manias, seja de limpeza ou de organização. É importante ler e pensar no texto de Lena Gino para saber a diferença entre organização e neurose, entre estar sozinho e ser solitário. A vida é muito mais que uma casa arrumada. Aliás, quando realmente vivemos com mais leveza e olhamos a vida com mais poesia, entendemos também a diferença (a sutil diferença) entre ter uma casa e viver num lar.

Olhe para sua casa, tem uma arvore dentro dela. Abra a janela, deixa a poesia entrar e boa leitura!

(maria ramos)

Resultado de imagem para lar doce lar  - coração - tumblr

Casa arrumada é assim…

Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas…
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida…

Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.

Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.

Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto…

Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos…
Netos, pros vizinhos…
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.

Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias…
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela…
E reconhecer nela o seu lugar.”

(Texto do blog Mundo Paralelo – por Lena Gino – todos os direitos e créditos reservados)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>