Categoria Single

Vivem me perguntando : “- você gosta de almoçar sozinha? / – ir ao cinema sozinha deve ser muito chato não é? / – como é viajar sem companhia?…”  Inúmeras perguntas que confesso é estranho responder,  porque na verdade nunca foi um problema sair sozinha para almoçar ou para qualquer outro lugar. Com o tempo e com alguns anos de terapia, descobri ainda que gosto da minha companhia, hoje é muito bom estar comigo. Mas deixo claro que isso não quer dizer que “eu me basto” ou que seja egoísmo, pelo contrario, estar sozinha tem lá suas vantagens mas nem todo tempo é encantador! Amigos, amores ou família fazem falta, mas a ausência deles não significa deixar de fazer o que se gosta ou tem vontade.

Nem sempre é necessário uma outra pessoa para estar com você na hora do almoço (se bem que “almoço” é algo que “pulava” mesmo em boa companhia rsrs). A vida não gira em torno do outro para ser feliz. Se o dia está lindo lá fora e eu estou com uma enorme vontade de caminhar, de ouvir uma apresentação de Jazz (de graça) no parque ou degustar um expresso na acolhedora cafeteria do bairro e não encontro ninguém para me acompanhar… vou sozinha mesmo, e sem problemas! Se não tem ninguém para conversar posso levar um livro, uma revista ou simplesmente aproveitar esse momento de silencio tão raro nesses dias de redes sociais. Não deixo de ver meus ídolos no palco por falta de companhia – só por falta de grana mesmo!

Cada dia é uma nova oportunidade e um dia não é igual ao outro, amigos, amores e família também precisam dessa “solidão”, por isso as vezes se afastam. O importante é aproveitar os bons encontros (e as estranhas perguntas) com muito bom humor. Há pouco tempo, recebi alguns amigos em casa e ouvi a seguinte pergunta: – “Você comprou um apartamento para morar sozinha e ter sua liberdade e fez uma cama de solteiro!! Por que?”. Confesso que a principio não entendi, pois se sou solteira é o obvio ter uma cama com essa categoria. Depois de algum tempo e muitas piadas, sorri e entendi… raciocínio lento é coisa de quem já passou dos 50 rsrsr

Por que será que sempre temos que estar a dois no cinema, no show, no parque, no restaurante, nas viagens, na cama, na vida?!

IMG_20150823_163543256Lembro de uma frase de Robert de Niro no filme Fogo contra fogo : “- Eu disse que estou sozinho, não disse que sou solitário”. Acho que é isso! A falta de companhia não me impede de seguir. Se encontro alguém para conversar, sair para almoçar, viajar, ver uma exposição, degustar um café, rir ou beber junto, ótimo! (e eu amo isso), mas  se não encontro, não tem problema! A única coisa que preciso pedir nesses dias é mesa para uma pessoa ou um quarto categoria single. Hoje fui sozinha, mas amanhã é outro dia. E se os dias nunca são iguais, felicidade é questão de aproveitar todos os bons momentos da vida, seja sozinha ou muito bem acompanhada!

(maria ramos)

“…Sem essa de que: “Estou sozinho” Somos muito mais que isso…”

2 ideias sobre “Categoria Single

  1. Amiga Maria José, amei esse texto. É o texto que gostaria de escrever sobre o assunto. Eu sou uma pessoa que não fico triste de ir a qualquer lugar sozinha. Às vezes acho muito bom! Adoro a família e meus amigos, mas uns momentos sozinha me fazem bem. Por isso me identifiquei. Parabéns! Eu também gosto da minha companhia e não me sinto solitária. Nossa felicidade não depende dos outros, depende de como estamos com nós mesmos. Continue escrevendo e depois publique tudo isso em um livro. Beijos.

  2. obrigada Salete! Sair sozinha as vezes, poderá me ajudar a também pensar sobre esse livro rsrsr bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>