Bodas-de-Algodão[1]

De uma poesia nasceu maria
Num tempo que parecia ser ausente
Hoje um presente como se vento fosse
Com leve sabor de algodão doce…

(maria ramos) – Aos meus leitores, muito obrigada pelos dois anos de convivência no meu Tempo! Love.

#doisanosdeblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>