crônicas de maria: Encontro marcado

Foi um longo relacionamento e desde o primeiro encontro, Loren  foi uma mulher apaixonada, mas sempre achava que ainda era cedo a ideia de morar no mesmo teto.

No começo foram só algumas e poucas conversas e assim foram se conhecendo. E como tudo que é devagar fica mais tranquilo, a cada etapa as coisas se ajustavam… gostos, jeito de pensar, pequenos detalhes. A cada construção uma nova forma de viver e a ideia de aceitar foi crescendo.

Ate que um dia decidiu que dividir o mesmo teto era o momento.

Loren foi levando suas coisinhas pequenas e se apaixonando ainda mais, porque descobriu que é na simplicidade que se encontra o verdadeiro significado da palavra amar.

Fizeram ate um pacto! Que iriam se encontrar com muitos amigos, poetas, artistas, porque era isso que ele gostava (e Loren também). Loren em particular, preparou tudo para esse encontro, comprou o melhor vinho, deixou na parede um Chanel nº 5 (seu favorito), alguns livros e uma bossa nova na vitrola.

Malas prontas, tudo pronto. Foi para estação, mas era um dia de chuva, muita neblina em seus olhos e por isso resolveu adiar o embarque. Dias chuvosos não eram bons para embarcar, era preciso aguardar – assim ela pensou!

Voltou! E da janela ficou esperando a chuva passar. Mas até quando? Por quanto tempo?! Será que ele ainda me espera? E porque  tanto medo de tempestades? – Esses eram alguns pensamentos vagos na mente de Loren naqueles dias longos e chuvosos.

Ela sabia que ele a amava e estava a sua espera, afinal construíram juntos essa historia. – Talvez esperar a chuva passar é um erro porque ela pode demorar. Talvez fazer  malas mais leves é o correto porque para enfrentar tempestades preciso caminhar com menos peso. Ou talvez simplesmente soltar os cabelos e os medos, me deixar levar é a melhor direção (decisão)…- Foi então que Loren sorriu, percebeu que não seriam alguns pingos que a impediria de sonhar e viver o sonho possível. Pegou sua capa de chuva, a velha edição de Cervantes e fez sinal para um taxi…

- Para a estação por favor!…

(maria ramos)

b

crônicas de maria : E agora José ?!

Duas coisas sempre atormentaram José : a poesia de Drumond e o espelho no corredor da casa.

Quero explicar aqui que não era Drumond o tormento, mas sim o título da poesia, pois toda vez que José se apresentava à alguém, sempre ouvia a mesma “piada”: – E agora José ?!

E José pensava : – Por que minha mãe foi me dar justamente esse nome? E porque Drumond não escreveu “E agora Reinaldo?!”, ou sei lá, qualquer outro nome. Tinha que ser Jose ??

O espelho era outro tormento. Nunca gostou de espelhos espalhados pela casa, e sua esposa foi colocar um justamente no corredor !! - “Para ampliar o ambiente querido” – ela sempre sorridente dizia. José adorava aquele sorriso, mas tinha tanta raiva do espelho que mal olhava pra ele.

Os anos foram passando e as piadas sempre as mesmas, o espelho no mesmo lugar, a moldura já envelhecida, assim como envelhecido já estava José.

Ate que um dia Jose se viu sozinho pelos corredores. Filhos casados, esposa ausente, cama vazia, sem sorriso, sem conversa pela casa. Numa noite chuvosa qualquer, passou pelo corredor e pela primeira vez, solitário, parou e se viu no espelho. Cabelos brancos, rugas e barbas aparentes, quase não se reconheceu. Suas mãos tremulas tocaram o antigo espelho, e como se tocasse seu velho e cansado rosto, perguntou :

- E agora José ?!..images[8]

(maria ramos)

Crônicas de Natal : final – O presente

imagesX5BJNTGV… horas e madrugadas depois..

- Mestre! Acho que não vai dar não ! Tenho tanto presente pra embalar que não vou ter tempo de enviar essas cartas não!

- Que pena! Você era minha única saída. Mas não tem problema, vou continuar com minhas orações e vibrações por todos na noite de Natal

- Já sei! Já sei ! Onde estão as sementes que você sempre carrega ?

- Estão aqui comigo, no bolso. Por que ?

- As pessoas gostam de receber presentes, certo ?

- Certo

- Então ! Vamos embrulha-las pra presente. Você entra comigo e não faz mal se ninguém reparar em você ok ? Vai deixando o pacotinho espalhado nos cantos das casas… lembrando aquele lance seu de “a paz seja nessa casa…” tipo isso entendeu ? Você vive dizendo isso que eu sei?!

- Rsrsrsr… entendi Noel

- Então mãos á obra! Pegue esses pacotinhos vazios aí no canto da sala, escreva uma mensagem e coloque uma semente dentro. Cada família terá 365 dias no ano para abrir e receber seu presente e o melhor : receber a sua presença!! Não é o máximo mestre?! Eu sou um gênio! Você vai entrar em todas as casas, vai me ajudar a realizar meu sonho, que é distribuir presentes para todas as pessoas e ainda você vai curtir umas festinhas com champanhe, peru, tender, rabanadas, musicas, abraços, mulheres bonitas…. (silencio).. Ok! ok! Desculpe, foi mal…

horas e madrugadas depois…

- Pronto! Todas as sementes embrulhadas em pacotinhos para presente

- Obrigado por me ajudar Noel! Mas lembre-se : mesmo sem festas ou troca de presentes, quero entrar em todas as casas. Em todas, entendeu ?

- Sim, sim entendi o que quer… não precisa explicar, estou super animado . Prontos ? Vamos ??… Mas antes, me fala : O que escreveu no bilhetinho ?

O de sempre Noel, o de sempre … “PAZ NA TERRA AOS HOMENS DE BOA VONTADE…”

*********

Deixe a porta aberta nesta noite de Natal. Abra seu pacotinho quando achar que é necessário em sua vida. E quando abrir, deixe Jesus te invadir…

FELIZ NATAL!!!

(maria ramos)

Crônicas de Natal – parte 3 : A carta

imagesX5BJNTGV

- Nossa! Peguei no sono… é tanta carta e tanto pedido… E aí Jesus, pensou ? Vamos entrar na noite seguinte ?

- Pensei. Não é uma má ideia, mas na noite seguinte vocês não costumam sair em viagem de férias ? Talvez não tenha mais ninguém na casa na noite seguinte

- Ahhh isso é verdade! Depois de comer, beber e abrir os presentes… férias, praia, campo, europa… ano novo!… E se eu comprasse uma fantasia de jesus pra você hein?

- Eu já sou Jesus Noel, lembra ?!

- Não! Não falo de você não … falo do outro jesus, o bonitão … aquele da Madonna. Tenho certeza que pelo menos as donas das casas abrirão as portas pra você rsr… ( silencio )… Desculpa, foi mal. Podemos mandar uma carta anunciando que você vai chegar!! Que tal ?

- Boa ideia Noel!

- Vou começar a embrulhar os presentes agora. Volto já pra começarmos a redigir as cartas. Quanto antes enviarmos melhor… Liga a TV! Tem final do MMA hoje…

( continua na próxima semana )

(maria ramos)

Crônicas de Natal – parte 2 : Uma idéia

imagesX5BJNTGV- Cheguei ! … jesus do céu, quantas cartas… E aí pensou ?

- Pensei sim Noel, mas acho que ninguém me notaria se eu entrasse junto com você e com esse monte de presentes.

- É! Isso é mesmo, porque presente é o que não falta e olha que eu ainda nem li 50% das cartas viu !? E ainda tem mais essas de hoje… são muuuuitos pedidos !. Olha só mestre : “quero uma BMW nova”, “quero ganhar na mega sena da virada e sozinho”; “quero me casar com George Clooney”… Ahhh! mas essa eu já sei quem é

- Como sabe ?

- Todo ano ela pede a mesma coisa…

- E você vai atende-la nesse ano ?

- Hiii esse ano piorou viu! Ele já esta casado. O jeito é mandar uma cartinha justificando… Mas vamos voltar à você! Que tal entrar na noite seguinte?

- É! Pode ser uma boa ideia

- Então vai pensando aí. Preciso responder mais essas cartas. Vou pro meu quarto, daqui a pouco volto. Tem sorvete na geladeira, fique a vontade…

( continua na próxima semana…)

(maria ramos)

Crônicas de Natal – parte 1 : A ajuda

imagesX5BJNTGVToc Toc

- Quem é ?

- É Jesus!

- Jesus na minha casa!!… essa hora ?!

- É Noel, cheguei cedo porque preciso da sua ajuda

- Ok! Só um momento. Deixa eu arrumar essas cartas espalhadas pela sala… pode entrar, mas não repara a bagunça , afinal não estava te esperando tão cedo. E diga ! O que um velho como eu pode te ajudar ?

- Quero que me ajude a entrar em todas as casas nesse Natal

- Mas você pode entrar na casa de qualquer pessoa a hora que quiser, quando quiser. Você é Jesus de Nazaré lembra ?!… Pode fazer  “milagres”…

- Não brinca Noel ! Falo serio, preciso de ideias…

- O quer que eu faça hein? Quer que eu consiga umas pulseirinhas VIPS para você entrar nas festas de graça ??!…. (silencio)… Ok! Não precisa me olhar assim, foi só uma brincadeirinha para relaxar. Huumm…preciso pensar!… Que tal entrarmos juntos?Você é magrinho, acho que cabe mais um no trenó…

- Será ?! Agora quem precisa pensar sou eu

- Bem! Enquanto pensa, eu preciso voltar até os correios para buscar mais cartas… Fique a vontade, a casa é sua. E se quiser tomar um banho tem toalha limpa no armário do banheiro. Tranque a porta e não abra pra estranhos, volto logo…

( continua na próxima semana…)

(maria ramos)

crônicas de maria : Quero ser Angelina Jolie

Quando percebi lá estava eu novamente ! Com um pote de sorvete de flocos nas mãos, largada na cama assistindo o seriado Friends pela milésima  vez na TV, cabelo amarrado com elástico, camisetão com estampa do Pateta e o controle remoto sobre o colo.

Por um impulso mudei de canal e meus olhos ficaram inertes frente aquela beleza ! Vestido tubinho preto de corte impecável ( provavelmente um Armani ), um corpo escultural, longilíneo ( ou seja, magra ), cabelos soltos, sedosos e sempre no lugar, boca vermelha ( acho que mulheres de batom vermelho exercem certo poder…), até as tatuagens que envolviam seu corpo eram de uma perfeição geográfica.

Foi quando me olhei no espelho e disse : – Meu Deus ! Angelina Jolie !!!

imagesQLVNDT51     Guardei então o pote de sorvete, desliguei a TV, coloquei um pretinho básico qualquer ( leia-se aqui o velho e surrado moletom Adidas)  , fiz um coque super rápido no cabelo, um gloss vermelho só para não ressecar os lábios e protegi minha recente tatuagem do sol, com um filtro solar comprado numa promoção de farmácia perto de casa. Abri o armário, peguei a coleira e disse para meu cãozinho : – Vamos Brad !! Estamos super atrasados… Esqueci que hoje é o primeiro sábado do mês !! Portanto hoje é dia de Pet Shop, é dia de banho e tossa lembra ?!!

Bendita hora que vi Angelina Jolie ! Vaaaamos Brad… rápido ! Estamos atrasadíssimos ….

(maria ramos)

crônicas de maria : O xadrez da vida

1975250_412979952178900_176951707_n1

Joana precisava terminar seu conto sobre ” o resumo da vida “. Deitada em sua cama, entre chás, cobertores quentinhos e livros para pesquisar pensou : – Por que não buscar inspiração nas historias contadas pelos próprios conhecedores da vida ?…

Estava frio naquela manhã e antes de sair, arrumou o quarto, dobrou o seu velho e inseparável cobertor xadrez, pegou um cachecol e partiu para a sua busca …

Eles ficavam ali, sentados. Todos com um cobertor xadrez sobre as pernas.

Uma acariciava seu ursinho de pelúcia  ( que estava envolto numa mantinha xadrez )como que tentasse se aproximar do carinho do filho que já não a visita mais. O outro em uma cadeira de balanço com olhar longe, distante e para o chão, como se tentasse enxergar a profundidade do abismo que ainda lhe resta.

Olhares quietos, movimentos lentos, expressões perdidas num lugar estranho, pessoas estranhas … e até o tempo que parece não passar,  se torna também estranho.

Todos ali reunidos dentro de uma mesma casa, que alguns chamam de  repouso, outros de recanto e ate mesmo de lar… mas que na verdade é apenas mais um verniz para denominar o que um dia já foi chamado de abandono…

Joana saiu dali com a amarga impressão que uma vida inteira se resume num cobertor xadrez envolto entre as pernas…

Voltou para casa, para sua cama, seu chá, seus livros, retomou suas ideias e abriu a porta do guarda roupa

Ficou ali sentada por horas,  olhando para seu velho cobertor xadrez …

(maria ramos)

crônicas de maria : Conversa sem fio

images[1]      O telefone tocou, ela correu atender

- Alô ! – Não senhor, aqui não tem ninguém com esse nome. Foi engano.

- Ele foi tão carinhoso ontem, achei que ligaria no dia seguinte. Porque não liga ?

O telefone tocou, ele foi atender

- Alô ! – Quem ?? – Não senhora, é engano.

- Foi tudo tão perfeito ontem. O encontro, o toque na mãos. Achei que ela ligaria. Porque será que não liga ?

- Acho que vou mandar uma mensagem pelo celular ! Não ! Melhor não … vou parecer desesperada e homens não gostam de mulheres desesperadas e carentes.

- Acho que vou mandar uma mensagem pelo celular ! Não ! Melhor não … vou parecer pegajoso demais e mulheres não gostam de homens pegajosos.

E depois de algumas manhãs, tardes, noites e muitos telefonemas frustrados…

- Quer saber ?! Vou sair. Não vou ficar aqui sozinha esperando esse telefone tocar.

- Quer saber ?! Vou sair. Não vou ficar aqui sozinho esperando esse telefone tocar.

E na mesma livraria, olhares se cruzam

- Oi !

- Oi !

- Quanto tempo !

- Pois é , quanto tempo mesmo.

- Que tal começar o que não terminamos ?

… Sorrisos…

- Aceita um café ?

- Claro. Essa livraria além de ser um lugar super aconchegante tem uma cafeteria que é uma graça e com uma trilha sonora impecável. Gosta de jazz ?

- Adoro ! Mas prefiro as poesias de Vinicius…

- Ahhh ! Então acho que temos muuuito que conversar…

O telefone tocou…                                                    images9JVAJI91        Mas  Bel e Nick desligaram seus celulares e conversaram por horas e horas e horas…

(maria ramos)

crônicas de maria : Fuxicos para Zé

tumblr_lcvwgiNw3X1qbruhvo1_400_large[1]    Desde que Zé nasceu, seu quarto sempre foi o mesmo e ela sempre esteve presente trancando a sua passagem. Mas Zé era uma criança e fez dela um brinquedo de escola : “- Minha lousa ! “  ele dizia.

Zé cresceu e quase sem querer foi percebendo que a presença dela andava impedindo sua visão. Mas Zé era muito jovem e fez dela uma presença garantida de posters das suas bandas favoritas : “- Meus ídolos ! ” ele dizia

O tempo passou depressa e ela envelheceu com o Zé, e com as chaves da tranca, Zé fez dela seu abrigo : “- Meu silencio está aqui ! ” ele dizia

Zé amadureceu, criou coragem e sem pedir licença mandou arrancar, e permitiu que flores coloridas invadissem o quarto para entrar uma tal de liberdade : “- Seja bem vinda agora ! ” ele dizia

E foi assim, que uma porta – que um dia trancou sonhos e ideais de Zé - se transformou, e hoje é cortina solta pelo vento : “- Daqui posso ver meus quintais ! “ - Zé repete isso todos os dias …

(maria ramos)

tumblr_m3a4kalyV41qe1jrjo1_500_large[1]